Artigos Religião Comparada

Deus uma trindade? - Sheikh Yunus Mustafa Responde28 JUN

Como você pode provar que Deus não é uma trindade, um ovo é formado de tres partes distintas casca clara e gema e mesmo assim é um ovo só.

Resposta:

Em nome de Allah, O Clemente O Misericordioso

Louvado seja Allah O Senhor do Universo. Aquele que não gerou e não foi gerado e que a paz e as benção estejam sobre Seu Profeta Muhammad sobre sua família e seus companheiros.

 Primeiro estamos falando da Pessoa de Deus, Deus é um, não 3 e todos os Profetas e Mensageiros de Allah chamaram para o monoteismo.

O exemplo do ovo é no mínimo engraçado, mas não prova nada e nem serve como exemplo de unidade, mas vou esclarecer algo da biologia o ovo é composto na verdade de 4 partes distintas (casca menbrana, clara e gema) e todas as partes tem características e composição distintas (a casca tem a sua composição predominante de cálcio, a membrana tem composição de um misto de proteinas e minerais,  a clara de proteína, a gema de oleos e vitaminas , mas é um ovo e mesmo sendo um só ovo as partes teem catacterísticas distintas. E não estamos falando de ovos e sim de unicidade de Deus e o conceito (errôneo) de Trindade.

Agora em se falando de pessoas vamos pegar um exemplo: você tem pai, e um irmão seu por exemplo e você, todos tem características diferentes, preferências distintas, nescessidades diferentes, e no caso de ter que tomar uma decisão sobre uma circunstância teem posicionamentos distintos. Não partilham as mesmas emoções mesmos sentimentos mesmas dores tudo ao mesmo tempo. E mesmo no caso de nascerem gemeos idênticos, as caracteristicas pessoais são as mesmas.

Então como pode-se dizer que Deus são 3 pessoas distintas e ao mesmo tempo são um só.

Se as decisões que regem o Universo fossem tomadas por tres pessoas diferentes os resultados seriam catastróficos.

Se você que lê este artigo é cristão, é claro que crê que a Bíblia é a palavra de Deus não é?

Sendo assim você crê que o que está escrito nela é a palavra de Deus certo?

Vou então pegar as fontes que estão na biblia que provam a unicidade de Deus, mas primeiro vou dar uma pequena explanação sobre ela (a Bíblia):

A Bíblia esta dividida em duas partes principais: o Antigo Testamento, ou Velho Testamento, e o Novo Testamento. Ela contém 73 livros de acordo com a igreja

católica e 66 de acordo com a maioria das igrejas protestantes.

Quanto aos livros do Novo Testamento, não há diferença entre elas mas, quanto ao Antigo Testamento, a Bíblia Católica contém 7 livros a mais que a protestante, que são: Tobias, Judite, Sabedoria, Eclesiástico, 1 livro de Macabeus, 2 livro de Macabeus e Baruque .

Então para ser ainda mais claro no trazer as provas da unicidade de Deus e a Humanidade de Jesus a.s. vou utilizar somente os livros que são concensuais entre os católicos e protestantes, assim não ficando dúvidas nem para um católico nem para um protestante.

Encontramos na Bíblia três formas de testemunho na sua redação.

O que podemos perceber ser a Palavra de Deus (afirmando a Sua unicidade), como por exemplo:

 Deut.18:18: " Do meio dos irmãos deles, Eu farei surgir para eles um profeta como você. Vou colocar Minhas palavras em sua boca , e ele dirá para eles tudo o que Eu lhe mandar."

Isaías. 43:11: " Eu, eu sou Javé, e fora de mim não existe Salvador."

Isaías. 45:22: " Voltem-se para Mim e vocês serão salvos, ó extremidades todas da terra, pois Eu sou Deus e não existe outro."

Podemos observar através do uso da primeira pessoa do singular sem nenhuma dificuldade, que estas parecem ser as Palavras de Deus.

A segunda forma de redação é  a que podemos perceber ser as palavras de um profeta de Deus, como por exemplo:

Mateus. 27:46: " Jesus deu um forte grito: Eli, Eli, Lamá Sabactâni? ..."

Marcos. 12:29: " Jesus respondeu: O primeiro mandamento é este: Ouça ó Israel! O Senhor nosso Deus é o único Senhor!"

Marcos. 10:18: " Jesus respondeu: Por que você me chama de bom? Só Deus é bom e ninguém mais."

Podemos observar que Jesus deu um forte grito, que Jesus respondeu, que estas são palavras da pessoa a quem estas ações são atribuídas. Logo, são as palavras de um mensageiro de Deus.

A terceira forma é a que podemos perceber ser as palavras de um observador ocular ou historiador, que presenciou os fatos ou que lhes foi relatado, ou seja, de uma terceira pessoa que não era nem Deus nem seu profeta, como por exemplo:

Marcos. 11:13: " Viu de longe uma figueira coberta de folhas e (Jesus) foi até lá ver se (ele, Jesus) encontrava algum fruto. Quando chegou perto,(ele, Jesus), encontrou somente folhas, pois não era tempo de figos."

A grande parte da Bíblia é representada por esta forma de testemunho, ou seja, palavras de uma terceira pessoa. Pudemos observar pelo versículo acima que aquelas palavras não eram nem de Deus, nem do Seu profeta, mas de um historiador.

A Bíblia foi escrita em três línguas diferentes: em hebraico antigo, parte em aramaico (que é uma língua morta) e parte em grego.

Na  Bíblia Jesus a.s. nunca se referiu a ele mesmo como deus ou filho de Deus, e sim com o filho do homem (na forma de referir se a si
mesmo no aramaico "este humano" ou este igual a vocês ou ainda este seu imão), e assim em outras partes da biblia Deus se dirigiu com a mesma palavra aos profetas indicando a condição humana deles: 

Filho do homem: Eu te dei por atalaia sobre a casa de Israel; e tu da minha boca ouvireis e avisalos-eis  a palavra da da minha parte." (Ezequiel 3:17)   

" Filho do homem:, dirige o teu rosto para os montes de Israel, e profetiza contra eles."  (Ezequiel 6:2)

" Filho do homem: dirige o teu rosto para o caminho do sul, e derrama as tuas palavras contra o sul, e profetiza contra o bosque do campo do sul."  (Ezequiel 20: 46)

E Jesus a.s. dizendo de si mesmo.

E disse Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu têm ninhos, mas o Filho do homem: não  tem onde reclinar a  cabeça."  (Mateus 8:20)

E ele, respondendo, disse-lhes: O que semeia a boa semente, é o Filho do homem:;"  (Mateus 13:37)

Porquanto, assim como Jonas foi sinal para os ninivitas, assim o Filho do homem:  o será também para esta geração.  (Lucas 11:30)

Para completar: O conceito de trindade como é conhecido e a alteração dos versículos da Biblia para que pudessem justificar esse conceito de trindade como conhecemos aconteceu no "Concílio de Nicéia" em 325 D.C. (digite isso em qualquer site de busca e você se surpreenderá comas provas apresentadas) , onde também outras partes da bíblia foram alteradas.

E antes desse concílio a maioria  dos cristãos primitivos não aceitavam o conceito de trindade e permaneciam monoteístas (a não ser um grupo deles que tinham aderido as ideias implantadas por Paulo de Tarso) e cultuavam a Deus Único, acreditavam como os muçulmanos que o ''espírito santo'' era o anjo Gabriel a.s. encarregado de trazer a mensagem de Allah a todos os mensageiros enviados por Deus,(este conceito de trindade também foi dado como dogma nesse concilio e se tornou nunanime apos imposição dele a ponta de espada.) e seguiam os ensinamentos de Jesus a.s. e o tinham como profeta e mensageiro de Deus.

 Todas essas provas foram retiradas da Biblia tanto do Antigo quanto do Novo Testamento, para que fique clarificado a unicidade de Deus e que Jesus A.s.foi um profeta de Deus, derrubando o conceito de trindade.

E quero que saiba  que nos muçulmanos  respeitamos  Jesus a.s.amamos e seguimos seus ensinamentos.

Também Jesus A.S. foi mencionado varias vezes no Alcorão exortando e chamando a adoração de um Único Deus:

“E disse o Messias Jesus filho de Maria - Issa ibn Mariam-: Israelitas, adorai Allah meu e vosso Senhor. Certamente quem Lhe associar semelhantes, Allah lhe

Vedará a entrada no Jannat (Paraíso). E a morada desse Será o inferno. Portanto os injustos jamais terão quem os socorra. (Alcorão 5:72)

e Allah afirma que todos os profetas foram enviados chamando a adoração de um Deus ùnico:

Bendito seja Aquele (Deus) que revelou o Discernimento ao Seu servo – para que fosse um admoestador da humanidade. O Qual possui o reino dos céus e da terra. Não teve filho algum, nem tampouco teve parceiro algum no reinado. E criou todas as coisas, e deu-lhes a devida proporção. Não obstante, eles adoram, em vez d’Ele, divindades que nada podem criar, posto que elas mesmas foram criadas.

E não podem prejudicar nem beneficiar a si mesmas, e não dispõem da morte, nem da vida, nem da ressurreição. (Alcorão 25:1-3)

Dize: Ele é Allah (Deus), o Único! Deus! O Absoluto! Jamais gerou ou foi gerado!E ninguém é comparável a Ele! (Alcorão 112:1-3)

 E dito tudo isso entendendo que foi esclarecida a sua duvida, lhe convido a adorar Allah, O Deus Único assim como fez Jesus a.s. e os outros todos Profetas enviados por Allah desde o primeiro Adão até o ultimo, o Profeta s.a.w.s.  e sua vida mudará para melhor como a minha mudou, e terás o paraiso por recompensa in sha Allah.

Sheikh Yunus Mustafa Al Sheikh