Artigos Religião Comparada

A Poligamia no Islam e na Bíblia19 JUN

Esclarecendo sobre a  poligamia no Islam e na Bíblia

Em nome de Allah O Clemente o Misericordioso

Muitas perguntas me são feitas sobre a poligamia no Islam, por que o Islam criou a poligamia, e coisas do tipo, por isso vou tentar responder de uma forma clara e para isso busco refúgio em Allah.

Sobre o casamento com até  4 esposas ou poligamia, essa é uma permissão concedida ao homem mas não é algo novo que veio com o advento do Islam... a poligamia existe desde o início da humanidade.

A poligamia sempre existiu e sempre foi considerada lícita pelas religiões judaico-cristas.

Podemos provar dentro da propria Biblia e Torat que era normal os homens serem poligâmicos,  e muitos Profetas e homens de Deus  eram poligâmicos.

Vejamos o que diz a bíblia:

Ora Sarai, mulher de Abrão, não lhe dava filhos, e ele tinha uma serva egípcia, cujo nome era Agar. E disse Sarai a Abrão: Eis que o Senhor me tem impedido de dar à luz; toma, pois, a minha serva como esposa; porventura terá filhos dela. E ouviu Abrão a voz de Sarai.

 Assim tomou Sarai, sua serva egipcia e deu a por  mulher a Abrão  isso foi nos anos que Abrão habitou na terra de Canaã. (Genesis 16:1-3)

E Jacó fez assim, e cumpriu a semana de Lia (semana de núpcias com ela); então Labão lhe deu por mulher Raquel sua filha. E Labão deu sua serva Bila por serva a Raquel, sua filha. (Genesis 29: 28-29)

E ela Raquel disse a Jacó: Eis aqui minha serva Bila; coabita com ela, para que dê à luz sobre meus joelhos, e eu assim receba filhos por ela. Assim lhe deu a Bila, sua serva, por mulher a Jacó e Jacó a desposou e a possuiu.  E concebeu Bila, e deu a Jacó um filho. (Genesis 30:3-5)

E estas são as gerações de Esaú (que é Edom).

Esaú tomou suas mulheres das filhas de Canaã;  Ada, filha de Elom o heteu, e  Aolibama, filha de Ani, filho de Zibeão, o heveu. E  Basemate, filha de Ismael, irmão de Nebaiote. (Genesis 36:1-3 e 1 Cronicas 1:35-37)

Houve um homem de Ramataim-Zofim, da montanha de Efraim, cujo nome era Elcana, filho de Jeroão, filho de Eli, filho de To, filho de Zufe,o efrateu. E este tinha duas mulheres: o nome de uma era Ana, e o da outra Penina. E Penina tinha filhos, porém Ana não os tinha. (1 Samuel 1:1-2)

E estes  foram os filhos de Davi,que lhe nasceram em Hebrom o primogênito Amnon  filho de Ainoã a Jizereelita, o segundo Daniel filho de Abgail a Carmelita, O terceito Absalão filho de Maaca filha de Talmai, rei de Gesur, O quarto Adonias filho de Hagite, o Quinto Sefatias filho de Abital, e o Sexto Itreão Filho de Eglá. Seis nasceram em Hebrom porque ali reinou  sete anos e seis meses(I Cronicas 3: 1-4)

Bom, existem muitos outros exemplos  de poligamia na Bíblia e na Torat

Apoligamia é algo natural ao ser humano, porque ao pesquisarmos antropologicamente vemos que todas as tribos e nações antigas praticavam a poligamia, e isso só começou a ser tratado de forma diferente no início da idade média quando a Igreja Católica começou a condena-la e condenar também até as relações sexuais, as taxando como algo pecaminoso nescessário somente a procriação. Mas com a instituição do casamento monogâmico na idade média proliferou a prostituição assim como  o costume que perdura até hoje de se ter uma esposa e amantes e namoradas quantas quiser, mas que na prática são mulheres com as quais não se tem compromisso.

Voltando a situação da época do Islam, a poligamia era praticada livremente por todo mundo no século  VI e VII, mas não haviam regras e limites, e o Islam veio regular e organizar isso, pois antes do Islam os homens tomavam varias mulheres e não lhes davam direitos.

As mulheres eram tratadas como mercadoria ou um bem e quem as possuisse em quantidade era considerado como um homem de elevado status social. Na época a Igreja considerava as mulheres como um ser inferior, e se discutia se a mulher tinha ou não alma...

Mas Allah em Sua sabedoria e misericórdia enviou o Profeta Muhammad saws com o Alcorão sagrado para proteger e dignificar a mulher e dar-lhe seus direitos, e para orientar e limitar os homens quanto a si mesmos e suas esposas.

Disse Allah: Se temerdes ser injustos no trato com os órfãos, podereis desposar duas, três ou quatro das que vos aprouver, entre as mulheres. Mas, se temerdes não poder ser eqüitativos para com elas, casai, então, com uma só, ou conformai-vos com o que tendes à mão. isso é o mais adequado, para evitar que cometais injustiças. Concedei os dotes que pertencem às mulheres e, se for da vontade delas conceder-vos algo, desfrutai-o com bom proveito.(Alcorão 3:1-4)

A maioria dos muçulmanos só se casa com uma esposa, mesmo tendo essa permissão de casar com mais e sendo algo natural ter mais esposas.

E para que um homem case com mais mulheres segundo o Islam, ele tem que ter capacidade física, mental, emocional e financeira, além de ter que ser justo com elas. Isto é interpretado erroneamente muitas vezes que o homem tem que ser rico para ter mais esposas mas não é isso ele deve ter o nescessário para suatentar adequadamente mais de uma esposa e os filhos delas.

Muwaia Ibn Haida ra relatou que solicitou ao Profeta s.a.w.s. que o instruisse quanto ao direito da esposa sobre o marido. Ele saws disse '' deves alimenta-la do mesmo que tu te alimentas, deve vesti-la do mesmo que tu vestes, não deves bater-lhe na face, não deves aborrece-la ou amaldiçoa-la, e não deves separar-te dela a não ser nos limites da casa. (Abu Daud)

Mas, quando um homem muçulmano tem mais mulheres estas são todas esposas não havendo diferença sobre elas nem de superioridade nem por uma ser primeira outra a segunda etc. No islam todas elas são esposas e fazem parte de uma só família, e todos os filhos são filhos igualmente e todas as esposas tem direitos e deveres iguais. Assim como partes iguais na herança bens etc.

Um homem muçulmano que tem duas ou mais esposas não é um homem que tem duas ou mais famílias e  sim um homem com uma família em que nela tem duas ou mais esposas. E Isso e bém diferente.

Todas as esposas devem ser conhecidas e reconhecidas perante a sociedade como esposas daquele homem e todos os filhos recebem o nome do pai e heranca igual em caso de falecimento. Isso é lícito e justo.

Também a poligamia protege contra a promiscuidade e contra a proliferação de doenças sexualmente transmissíveis, pois o homem tem esposas e não amantes ou namoradas com as quais não tem compromisso e quando não quer mais troca por outra gerando um risco imenso de contágio para todos homem, amante e esposa.

As mulheres devem ser respeitadas e bem tratadas, e isso inclui, ter uma segunda terceira ou quarta esposa ao invéz de ter amantes e namoradas escondidas.

Abu Huraira ra relatou que o Mensageiro de Allah saws disse '' o crente mais íntegro é aquele que demonstra melhor caráter e tem melhor moralidade. E o melhor dentre vós e aquele que trata melhor suas mulheres. (Tirmizi)

A poligamia só é algo mau, para quem a vê com preconceitos e uma mentalidade fechada, mas na verdade ela traz segurança paz e benefícios para o relacionamento e para a sociedade.

Se a poligamia fosse algo mau, Allah teria proibido desde o início dos tempos como fez com a prostituição, assassinato, roubo, adultério, fraude, mentira, homossexualismo, injustiça etc.

E Allah criou o homem e a mulher e Allah sabe o que é melhor e mais justo para ambos.

Sheikh Yunus Mustafa Al Sheikh