Artigos Geral

Os Pilares do Islam 1 Shahada04 JUL

O PRIMEIRO PILAR DO ISLAM

1º- O Testemunho de fé a (Sharrada):

O testemunho de fé é a proclamação da fé, é a chave que faz com que o ser humano ingresse no Islam.

Ele se dá, em primeiro lugar, pela aceitação do seu significado pelo coração e pela razão, eliminando, dessa forma, a dúvida. Então para que o testemunho de fé seja válido a pessoa que o faz deve tem entendimento do conteúdo e das implicações desse testemunho.

E em segundo lugar, pelo seu pronunciamento através da fala.

O Testemunho de fé engloba a crença Islâmica, e quando pronunciamos a primeira parte que é:(Ashhadu an lá Iláha illa Allah) ou seja:

(Testemunho que não há outra Divindade além de Allah)

E certificamos a nossa crença completa na unicidade de Allah, ou seja, na unicidade de Allah na criação, na unicidade Divina (ou seja, da adoração) e na unicidade dos Nomes e Atributos de Allah.

Essa sentença descarta a adoração de qualquer outra coisa que possamos ser tentados a colocar no lugar do Deus Único como ídolos, tais como fenômenos da natureza, poder, riqueza e similares, Deus, o Altíssimo, no Alcorão, deu testemunho sobre isso, sendo confirmado pelos anjos e sábios. E também descarta o uso de amuletos, ou outras formas de buscar proteção que não sejam o próprio Allah.

"Allah dá testemunho de que não há mais divindade além d'Ele; os anjos e os sábios O confirmam Justiceiro; não há mais divindade além d'Ele, o Poderoso, o Prudentíssimo." (Alcorão Sagrado 3:18)

Esta sentença é a base na qual será construído todo o Din (religião), logo, é a primeira obrigação que recai sobre o crente, ou seja, a sua aceitação consciente.

"... Com exceção daqueles que declaram a verdade e com pleno conhecimento." (Alcorão Sagrado 43:86)

E a segunda parte completa de tudo que ela (a shahada) implica, como aceitação do que foi legislado por Allah atravéz de Seu Mensageiro saws, quando pronunciamos a segunda parte que é:

Ash hadu anna Muhammadan Rassulullah ou seja:

(E testemunho que Muhammad é o Seu Mensageiro)

Certificamos que Muhammad (que a Paz e a Bênçãos de Deus estejam sobre ele), é o último Mensageiro de Allah e, consequentemente, isso implica na aceitação do muçulmano de tudo que ele Muhammad nos informou como a crença nos Anjos, nos Livros Revelados, nos Mensageiros, no Dia do Juízo Final e na Predestinação.

Também com essa senteça ao a pronunciarmos aceitamos todas as decisões, legislações e atos do Profeta Muhammad, e assim devemos cumprir a sua Sunnah e implantá-la em sua vida diária e decisões.

Essa sentença não pode criar nenhuma mudança na vida do ser humano se apenas for pronunciada sem convicção, sem que se perceba o seu real significado e, principalmente, sem que seja posta em prática.

É como se estivéssemos com fome e nos limitássemos a pronunciar a palavra comida, isso não adiantaria nada, pois permaneceríamos com fome.

A força real dessa sentença está na sua aceitação consciente e completa e na sua colocação em prática na vida e em todos os campos dela.

Isso é o que chamamos de Islam (submissão voluntária e completa a vontade de Allah. Por isso o Islam não é apenas uma religião mas um modo completo de vida pendamento convivência e ações  e tudo isso no Islam são atos de adoração.